Pacificando as relações no trabalho

Foto: Pixabay

Às vezes o salário está ok e a chefia tem a impressão de que o trabalho está bem distribuído, mas o clima organizacional é tipo “dá pra cortar o ar com a faca”. Cada um está ali, fazendo o seu trabalho, mas, de uma hora pra outra, alguém pode jogar um relatório sobre a mesa ou dizer que vai pedir demissão porque não aguenta mais. Já viveu isso? Um clima de conflito constante no ambiente onde você passa a maior parte da sua vida?

Pacificando as Relações no Trabalho é sobre trabalhar a cultura de paz no universo profissional. Não se trata de uma reunião para encontrar culpados pelo trabalho atrasado ou pelo clima ruim. É apenas um momento para que as pessoas relaxem, descansem de suas funções e papéis e voltem a enxergar seus colegas nos lugares onde eles estão. Despidas de suas couraças, quando se sentem acolhidas e respeitadas, as pessoas podem ficar à vontade para oferecer aos outros o seu próprio ponto de vista e conhecer as visões das outras pessoas.

Antes de me tornar facilitadora deste seminário, trabalhei durante mais de uma década em veículos de imprensa, em Belo Horizonte e São Paulo. Depois disso, atuei como assessora de comunicação, realizando os trabalhos tanto de comunicação interna quanto externa e coordenando equipes encarregadas dessa função. Atuei também, durante um ano, como proprietária e orientadora de uma franquia da área educacional e, mais recentemente, tenho me dedicado às terapias holísticas. Sou aprendiz no curso Formação Holística de Base – Educação para a Paz, da Universidade da Paz – Unipaz.

Em todos os ambientes profissionais, as pessoas têm diferenças. Mas em qualquer um deles, os empregados também têm semelhanças que os unem. É por meio desses objetivos comuns, que pode-se começar a trabalhar a cultura de paz dentro das instituições. 

Antes disso, no entanto, é preciso permitir que cada pessoa encontre espaço para pacificar sua própria mente, para entender que é possível agir diferente diante das ações dos outros e que existe abertura para oferecer o seu ponto de vista àqueles que também poderão lhe oferecer os deles.

Por meio de silêncio e também de vivências, este seminário tem o objetivo de ser um ponto de partida na construção de um caminho mais pacífico dentro das empresas, das organizações ou simplesmente de um setor específico de cada ambiente profissional.

Entre em contato

Se tiver interesse na realização de um seminário em sua empresa, clique aqui para mais informações.